Matéria > Educação

Educação de Santana inicia ano letivo 2021 em formato de aulas híbridas

Aulas foram iniciadas nesta segunda-feira (08).
Paula Monise - 09/03/2021
125 Visualizações
PMSP-IMG-23826116bd438b847ef.jpg Início do ano letivo 2021
ASCOM

A Prefeitura de Santana do Piauí através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura iniciou nesta segunda-feira (08) o período letivo 2021. Em razão da pandemia e cientes de que a educação santanense deve ser ofertada com qualidade, as aulas serão ministradas em formato híbrido (remotas e presenciais).

O recomeço das atividades escolares foi marcado por cautela e segurança, adotando os protocolos sanitários para evitar a disseminação da Covid-19 na comunidade escolar. Assim sendo, o alunado quando passava pelo portão de entrada da escola era submetido a aferição da pressão corporal, higienização das mãos e posteriormente encaminhado para a sala de aula. Dentro deste espaço, as carteiras foram enfileiradas respeitando o distanciamento social, todos munidos de máscara.

A secretária de Educação e Cultura de Santana do Piauí, Maria Inês Rocha, explicou como está sendo organizado esse retorno das aulas presenciais, onde a importância pela vida e uma educação de qualidade são levados em conta.

A diretora da Escola Severo Maria Eulálio, Elisângela Maria Leal, explicou que o início do ano letivo com aulas presenciais e remotas é marcado por desafios e pelo processo de adaptação.

“Nesse processo de estruturação das salas, abrimos janelas para entrar a livre circulação de ar, tendo em vista que nossa escola já era climatizada. O primeiro dia do retorno foi normal como deveria ser diante do novo quadro social que enfrentamos. Adotamos todos os protocolos, fizemos essa explicação dentro das salas de aulas. Neste início nossas turmas estão funcionando com menos de 30% da capacidade. Acreditamos que as famílias passarão a entender que este recomeço é necessário, pois estamos realizando de forma segura para todos”, pontuou a diretora.

Elisângela Leal

Aulas presenciais e remotas

A Secretaria de Educação e Cultura aderiu ao formato hibrido. No momento da matrícula escolar, as famílias eram informadas sobre a organização do ano letivo 2021 e optavam pelas aulas remotas ou presencial. Após a escolha, a família assinou termo.

A aluna do 9° Ano, Vitória Maria de Carvalho Luz, explicou que a escolha de voltar a estudar de forma presencial foi sua. A estudante motivou a própria família a optar pelo ensino presencial.

“O retorno foi bastante esperado pela maioria dos alunos porque muitos estão de olho na aprovação do IFPI, para ingressar nessa escola de ensino técnico e ter uma educação mais completa e se inserir no mercado de trabalho. A minha família optou pelo ensino presencial por escolha minha, porque quero me preparar melhor. A minha expectativa é de muito aprendizado e vou me esforçar bastante esse ano”, pontuou Vitória Luz.

Vitória Maria de Carvalho Luz

A aluna do 8° Ano, Claryanne Mel Moura, também comentou sobre a sua expectativa para o ano letivo de 2021.

“A nossa expectativa é grande depois de passar um ano afastado da sala de aula. Temos consciência que a aprendizagem no ano passado foi pouca, e acredito que esse contato presencial com o professor também vai ajudar bastante”, concluiu.

Paralelo às aulas presenciais, serão ministradas aulas remotas para as famílias que optaram por esta modalidade.