Matéria > ASCOM

Prefeitura de Santana distribuirá mais de 100 kits de alimentos para famílias em situação de vulnerabilidade nutricional

A iniciativa é fruto de investimentos do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) em parceria com a Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF).
Paula Monise - 10/06/2021
172 Visualizações
PMSP-IMG-bb2b684741b1db0aa71.jpg Prefeita Maria José e secretário Netinho fazendo a entrega de kits
ASCOM

Na manhã desta quinta-feira (10) a Prefeitura de Santana do Piauí através das Secretarias Municipais de Assistência Social, de Agricultura, Meio Ambiente e Recursos Hídricos, iniciou a distribuição de mais de 100 kits de alimentos para famílias em situação de vulnerabilidade social, decorrentes de insegurança alimentar e nutricional.

A iniciativa é fruto de investimentos do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do Governo Federal em parceria com a Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF). O deputado estadual Severo Eulálio (MDB) também ofertou apoio durante o processo de inclusão do município santanense no programa.

Parte dos itens presentes no kit

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), criado em 02 de julho de 2003, possui duas finalidades básicas: promover o acesso à alimentação e incentivar a agricultura familiar.

Para o alcance desses dois objetivos, o programa compra alimentos produzidos pela agricultura familiar, com dispensa de licitação, e os destina às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional e àquelas atendidas pela rede socioassistencial, pelos equipamentos públicos de segurança alimentar e nutricional e pela rede pública e filantrópica de ensino.

Entrega dos kits

Em Santana do Piauí, a entrega dos Kits foi realizada no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV). Os representantes das famílias beneficiadas foram acolhidos seguindo todas as normas sanitárias e preventivas à Covid-19.

A entrega foi realizada pela equipe da Assistência Social, Centro de Referência da Assistência Social e contou com a presença dos secretários Tarciana Oliveira (Social), Francisco de Moura Sobrinho (Agricultura), da prefeita Maria José e representante da Emater-PI.

Os kits de alimentos, com aproximadamente 30 kg, continham derivados da mandioca (goma), legumes, frutas, hortaliças, doces caseiros, entre outros itens.

A moradora da comunidade Alegre, Ivaneide da Conceição Pereira, mãe de dois filhos, foi uma das famílias beneficiadas com a ação. Ela destaca que o kit vai colaborar fundamentalmente com a alimentação do lar.

“Estou aqui recebendo meu kit de alimentos e para mim e minha família foi muito bom. Não temos trabalho certo, vivemos da agricultura, do que a terra dá, então esses produtos vão ajudar muito”, frisou Ivaneide da Conceição Pereira.

Ivaneide da Conceição Pereira

A agricultora residente da comunidade Malhada Vermelha, Elivânia de Moura Sousa, mãe de três filhos, enfatizou que a diversidade de produtos presentes no kit contribui para uma alimentação equilibrada e de boa qualidade.

“Esses kits são muito bons, tem fartura e produtos diversificados que já evita de a gente ter que comprar. Vai ajudar muito no sustento da família durante o mês”, disse.

Inclusão do município santanense no PAA

A inclusão do município santanense no Programa de Aquisição de Alimentos era uma busca constante do governo da prefeita Maria José, com objetivo de apoiar as famílias com alimentos, bem como colaborar com a comercialização dos produtos cultivados no município.

O secretário de Agricultura, Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Francisco de Moura Sobrinho, explicou sobre o processo de inclusão no PAA.

“A inclusão do município nesse Programa de Aquisição de ALimentos nos deixou muito alegres porque há alguns anos estávamos tentando articular esse processo. Em 2021 fomos contemplados, onde na primeira entrega beneficiamos 100 famílias com esses produtos adquiridos 100% da agricultura familiar de Santana. Foi uma grande busca em que conseguimos lograr êxito numa parceria da Prefeitura, Secretaria de Estado de Agricultura Familiar, no nome de Patrícia Vasconcelos, Emater e do deputado estadual Severo Eulálio”, descreve.

Entrega dos produtos e montagem de kits

A secretária de Assistência Social de Santana do Piauí, Tarciana Oliveira, pontuou que a entrega dos kits está ocorrendo numa boa hora, indo ao encontro de suprir dentro das possibilidades conferidas as necessidades alimentares das famílias frente à pandemia.

“Essa entrega de kits é através do Programa de Aquisição de Alimentos, onde na primeira etapa adquirimos os produtos de agricultores locais e na segunda etapa distribuímos com as famílias que estão situação de vulnerabilidade alimentar e nutricional. A primeira etapa foi executada pela Secretaria de Agricultura e a segunda pela nossa equipe do CRAS, que tem esse contato maior e mais direto com as famílias. Utilizamos o Cadastro Único para fazer essa seleção das famílias, onde 100 famílias foram cadastradas”, ressaltou.

Secretária Tarciana Oliveira

Tarciana Oliveira acrescenta ainda que o espaço reservado para a entrega dos kits é amplo, arejado, onde foram adotados os protocolos sanitários de uso obrigatório da máscara, distanciamento social e higienização das mãos. A distribuição ocorreu com horários estabelecidos para os públicos das comunidades e sede urbana.

A prefeita de Santana do Piauí, Maria José de Sousa Moura (Progressistas) comentou a importância do funcionamento do PAA no território municipal.

“Com o funcionamento do PAA estamos conseguindo auxiliar famílias que estão sofrendo com as dificuldades potencializadas nesse período de pandemia. Fornecemos alimentos, bem como ainda conseguimos comprar dos produtos santanenses alimentos de extrema qualidade e boa procedência. É um mecanismo que só contribui para fortalecer a agricultura familiar”, concluiu a prefeita.

 

A entrega de kits alimentares ainda ocorrerá em duas etapas pelos próximos meses.