Matéria > Agricultura

Em benefício aos agricultores, 100 hectares de terra são arados pela Prefeitura de Santana

Renata Santos - 13/01/2023
26 Visualizações
PMSP-IMG-071b33378dd0f29458d.jpg

Os meses de dezembro e janeiro são muito significativos para os piauienses, afinal, a chegada deles representa também a chegada da chuva, e para os milhares de agricultores do estado, o período chuvoso é o time para iniciar a preparação da terra para o plantio.

Pensando nisso, a Prefeitura de Sanatana do Piauí por meio da Secretaria de Agricultura iniciou no mês de dezembro o processo de aração gratuita nas propriedades do município. O processo é realizado com o suporte de um trator.

A aração tem o objetivo de introduzir oxigênio e expulsar o gás carbônico do solo, facilitando os processos químicos e biológicos de oxigenação. Esta é a técnica mais comum de preparação para o plantio, ela também garante a incorporação de matéria orgânica no solo.

Conforme informado pelo secretário de agricultura de Santana, Netinho Moura, em 100 horas trabalhadas, cerca de 100 hectares de terra já foram arados englobando todo o município (zona rural e urbana). Ele aponta a importância da aração.


“A importância da aração é muito grande, a gente sente por parte dos agricultores que é um incentivo para eles estarem praticando essa atividade que há uns tempos atrás ficou esquecida, mas que com esse incentivo da Secretaria de Agricultura voltou a ser lembrada. A gente incentiva eles a plantarem no tempo certo facilitando o aumento da produtividade deles na colheita”, destacou Netinho Moura.

Netinho explica que cerca de 200 agricultores estão inscritos para receberem a aração, e que o trabalho exige certo jogo de cintura porque o processo depende da chegada da chuva e a demanda é grande.

“Eu quero atender no mínimo 80% de todos que estão inscritos, sendo que a gente pode não conseguir porque quando a chuva chega é difícil atender a vários locais ao mesmo tempo e até agora estamos contando com apenas um trator”.

Ainda segundo o secretário, os trabalhos devem seguir até o mês de fevereiro e a expectativa é que aproximadamente 300 hectares de terra sejam contemplados com o serviço.