Matéria > Administração

Prefeitura de Santana efetua pagamento de dezembro e injeta mais de R$ 250 mil na economia local

Servidor santanense passará as festividades de final de ano com recursos.
Paula Monise - 28/12/2017
40 Visualizações
1e6152d34ed800d83fcd85ef7255.jpg Reprodução

A administração da prefeita de Santana do Piauí, Maria José de Sousa Moura (PP) encerrou o ano de 2017 com os vencimentos dos servidores do quadro efetivo e contratados, atualizados. Nesta quinta-feira (28) mais de 200 funcionários receberam suas remunerações referentes à dezembro de 2017, assegurando a passagem do Ano Novo com recursos e movimentando a economia local.

Foram utilizados mais de R$ 250.000,00 dos recursos advindos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e demais fundos da Saúde e Educação. No tocante à segunda parcela do 13° salário, esta foi efetuada ainda no início de dezembro. Como estratégia, a Administração Municipal efetuou o pagamento da primeira parcela do 13° na data de aniversário do servidor.

Para o servidor da Secretaria Municipal de Administração, Flávio Leal, o pagamento em dia motiva o trabalhador municipal a também cumprir com dedicação suas funções.

“Pela primeira vez, desde 2013 quando assumi o concurso terminamos o ano sem atraso. Administração está de parabéns. Isso deixa o funcionário motivado a fazer suas obrigações pontuais”, disse o servidor.

Pensamento semelhante é o da servidora, Vanessa Macêdo, que disse ter honrado com seus débitos graças ao pagamento atualizado.

“Durante todo o ano pude honrar com minhas dívidas por ter o pagamento certo. Antes, nem uma prestação a gente poderia fazer por conta de não ter uma data certa. A gestão está de parabéns”, frisou.

A prefeita de Santana do Piauí, Maria José de Sousa Moura (PP) ressaltou que o pagamento em dia foi um compromisso de gestão que em 2017 ela conseguiu cumprir, mesmo diante das dificuldades financeiras.

“Foi um ano de organização, de dificuldades financeiras, mas mantemos em dia o pagamento dos nossos servidores por saber que isso é um direito. Continuaremos trabalhando para cumprir esta meta também em 2018”, concluiu a gestora.