Matéria > Agricultura

Secretário destaca que kits hídricos serão utilizados na reestruturação de poços tubulares em Santana do Piauí

O município foi contemplado 10 caixas d’água, tubulações e bombas elétricas.
Paula Monise - 17/12/2018
190 Visualizações
c4b75fc0872c700fbe944219007c.jpg Francisco de Moura Sobrinho, secretário de Agricultura
ASCOM

A Prefeitura de Santana do Piauí através da Secretaria Municipal de Agricultura, Meio Ambiente e Recursos Hídricos recebeu na última quinta-feira (13) equipamentos para o abastecimento de água no município. Os Kits hídricos foram destinados pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas no Piauí (Dnocs-PI).

A cidade de Santana do Piauí possui atualmente 18 poços tubulares mantidos pela Prefeitura Municipal. A reestruturação dos poços era uma reinvindicação antiga da população que agora será atendida graças aos novos equipamentos que substituirão os materiais danificados.

Os kits hídricos contemplam cinco caixas d’água de 10 mil litros de água, cinco caixas d’água com capacidade para 5 mil litros de água, 100 tubos edutores, 40 tubos de revestimento, 10 bombas, além de bases de concreto.

O secretário de Agricultura, Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Francisco de Moura Sobrinho, o Netinho, explicou que a partir de 2019 os novos equipamentos serão instalados nos poços que apresentarem  deficiências em seu funcionamento.

“É com muita alegria que recebemos estes equipamentos destinados pelo Dnocs. Temos alguns equipamentos que já estão danificados nos nossos poços e vamos substituir. As bombas são outro problema que há bastante tempo já eram usadas e vamos substituir, assim como temos poços que ainda não foram equipados e vamos equipar. Tudo isso que temos buscado é com o objetivo de melhorar o abastecimento de água e atender melhor a nossa população”, afirmou o secretário.

Secretário Netinho

Netinho comentou ainda que os recursos utilizados para manter o funcionamento dos poços são elevados. No entanto, o compromisso em assistir a população no abastecimento de água potável tem feito com que a atual gestão busque melhorias para o setor.

Além da reestruturação dos poços tubulares, outro problema que necessita ser superado é o desperdício de água que também afeta o abastecimento regular às famílias santanenses.