Matéria > Saúde

Santanenses são assistidos através do mutirão de cirurgias de cataratas

Um grupo de seis santanenses participam do projeto.
Paula Monise - 20/03/2019
118 Visualizações
042d265b5cd82533890431cac4f8.jpg Santanenses que passarão pela cirurgia de catarata

Enxergar melhor é o que buscam seis santanenses que estão sendo assistidos através do projeto: mutirão de cirurgias de cataratas. O evento de saúde é realizado na cidade de Picos através da parceria entre as secretarias municipais de Saúde e a Secretaria do Estado da Saúde do Piauí (SESAPI).

O mutirão de cirurgias de cataratas envolve mais de 100 profissionais de saúde e vem sendo articulado desde a última sexta-feira (15) quando foram iniciados os cadastros. Nesta quarta-feira, o público cadastrado está sendo submetido a realização de exames para verificar se os mesmos estão aptos à realização da cirurgia de catarata que se inicia nesta quinta-feira (21).

A Prefeitura de Santana do Piauí através da Secretaria Municipal de Saúde realizou o cadastro dos beneficiários, bem como ofereceu toda a logística necessária para o translado dos pacientes que na tarde de hoje foram submetidos aos exames de triagem.

“Disponibilizamos um carro para transportar os pacientes que passarão pela cirurgia, bem como temos profissionais os acompanhando no mutirão, oferecendo toda a assistência necessária e segurança. Recebemos ainda todo o apoio da Secretaria Municipal de Picos que também acolheu os santanenses e ofereceu todo o suporte. Esse é mais um passo rumo a uma saúde de  qualidade para todos os santanenses”, disse a coordenadora da Atenção Básica, Valéria Albuquerque.  

A aposentada, Francisca de Lima Rocha Leal, 61 anos, enfrenta há quatro anos deficiências visuais que agora podem ser superadas através da cirurgia de catarata.

“Só Deus é quem sabe o quanto eu estou feliz, realizada. Eu já estava enxergando bem pouquinho e agora eu estou aqui presente no mutirão, agradeço a Prefeitura que trouxe a gente pra cá e está dando toda assistência”, afirmou.

A santanense, Eva Lima Rocha Rodrigues, de 66 anos, também comemora a participação no mutirão que tem lhe trazido a esperança de voltar a enxergar com nitidez.

“Eu tô muito feliz porque é um sonho meu ficar boa dos meus olhos. Há mais de um ano é uma neve que eu vejo, é muito ruim. Eu costurava e agora não estava mais costurando e estou esperançosa em enxergar melhor”, disse.

O mutirão de cirurgias de cataratas acontece no Pronto Atendimento Infantil Municipal (PAIM) e segue até o próximo domingo (24) atendendo um público de 350 beneficiários de 20 municípios piauienses.