Matéria > Agricultura

´Enquanto houver fogo estaremos combatendo`, diz secretário Netinho sobre incêndio em Santana

Prefeitura montou equipe para combater incêndios.
Paula Monise - 03/10/2019
202 Visualizações
b6415684f10af38f450015ebb204.png Fogo no mato
Cidadesnanet

 Aproximadamente 40 pessoas juntamente com a Prefeitura Municipal, através da prefeita Maria José e Secretaria de Agricultura, Meio Ambiente e Recursos Hídricos estão envolvidas no combate ao incêndio que atinge o município de Santana do Piauí em prol de combater o fogo. Não se sabe as causas das queimadas que se alastraram desde a última segunda-feira (30) e nem a extensão em área atingida.

As equipes estão utilizando maquinários como trator pá carregadeira, carro-pipa próprio com capacidade para 12 mil litros d´água. Desde o início da operação até a noite desta quarta-feira (02) foram transportadas e derramadas 04 cargas. Mais um caminhão-pipa de Picos com capacidade para 6 mil litros chegou por volta das 18h20 para reforço do trabalho.

Várias cidades, localidades e comunidades da micro e macrorregião de Picos foram atingidas neste ano de 2019 com queimadas que destruíram fauna e flora. Os Bombeiros de Picos registraram somente em um dia, 16 ocorrências. Entre as cidades afetadas, Santana do Piauí está inclusa no índice.

De acordo com o secretário de Obras, José Leal, nesta terça-feira (1º) de outubro, homens trabalhavam desde o período da manhã até a noite para combater as chamas.

“Inciamos o combate ao incêndio desde onze da manhã desta terça e prosseguimos até umas onze e meia da noite. Fizemos vistorias em toda a região atingida, cerca de dois quilômetros de mata a dentro. Apagamos e ficou tudo controlado”, disse.

Quarta-feira (02) de outubro

José Leal afirmou ainda que na manhã desta quarta-feira (02) um equipe foi deslocada para checar o local e vistoriar possíveis vestígios de fogo. Contudo, fizeram todo percurso e não foi detectado nenhum foco.

“Enviei uma equipe para vistoriar e verificar como estava, se apresentava risco de incêndio. Fizeram a checagem com carro-pipa hoje bem cedo até 10 horas da manhã e não foi constatado nada. Ficamos crentes que estava tudo sob controle. Caminhamos lá por dentro, estava tudo normal e não tinha fogo nenhum”, acrescentou.

Ressurgimento do fogo

Após duas horas da vistoria da equipe de combate que ficou até as 10h da manhã desta quarta (02), as chamas ressurgiram de forma súbita e agressiva ameaçando residências e causando pânico nas pessoas. “O fogo esteve muito próximo das casas. Foi obrigado a tirarmos  pessoas de dentro. Nuca vi um fogo daquele jeito. O fogo andou perto demais e foi Deus quem ajudou”, relatou.

“Agradeço imensamente a todos que estão ajudando empenhados para combater o fogo e peço que mais pessoas venham ajudar também, pois se somarmos aos que já estão aqui, com certeza será muito útil”, agradeceu o secretário de Obras solicitando mais apoio para facilitar o trabalho de combate às chamas.

Dentre as várias localidades atingidas está a Várzea dos Francos. É possível notar que boa parte de sua vegetação foi devastada através da imagens abaixo que denotam a violência das chamas que acometeram roças e criatórios de abelhas.

Moradora da sede do município de Santana, Genésia Leal, relatou seus momentos de pânicos com a aproximação repentina e voraz das chamas.

“Fomos deitar na hora da meio dia e estava tudo tranquilo. Daí de repente acordamos com aquele fogo alto e chegando perto. Nessa hora ficamos sem saber o que fazer porque meu esposo nem enxerga para ajudar a limpar os arredores de casa e qualquer fogo que pular lá já queima a casa toda. Chorei muito e fiquei com bastante medo, mas até agora ao final da tarde tá controlado”, relatou Genésia.

“Fomos surpreendidos no início da tarde. Esse fogo levantou onde a gente tinha combatido. Assim que ressurgiu fomos combater novamente com caminhão-pipa e as pessoas. Um carro-pipa chegou de Picos para reforçar. Queremos agradecer à prefeitura de Santana e de Picos pelo apoio e, todo povo que está ajudando. Estamos apostos aqui com grande material humano que é a população”, agradeceu Netinho.

O Corpo de Bombeiros esteve em Santana por volta das 16h15 para ajudar a combater o fogo. De acordo com o comandante, Hamylton Lemos, por telefone declarou que, como o fogo ainda não tinha se aproximado das residências e, estava, de certa forma, distante em região de mata fechada, inacessível, a guarnição se deslocou com destino a companhia em Picos.      

O secretário de Agricultura, Francisco Sobrinho, o Netinho, falou sobre o apoio da população, Prefeitura de Santana e da Prefeitura de Picos que enviou um carro-pipa para reforço na operação.

“Foi enviado um carro de combate a incêndio florestal e três militares com equipamentos atendendo o chamado do secretário Netinho de Santana do Piauí, para atender uma ocorrência de incêndio florestal. Chegando lá, verificou-se que o fogo ainda estava distante da cidade em um local inacessível. Portanto, foi repassado que a prefeitura fizesse aceiros, conseguisse um carro-pipa em que pudéssemos acoplar nossas mangueiras, para, se necessário, atuar. No entanto, ficaram instruídos que, se esse fogo se aproximasse da cidade, acionassem a gente deixando máquinas e carros-pipa prontos para atuar na ocorrência”, explicou o comandante do Corpo de Bombeiros da Companhia Destacada de Picos.

Além dos carros-pipa, trator carregadeira que trabalha na construção de aceiros e ajuda dos bombeiros, homens trabalham com regadores e alternativas de conter as chamas usando mangueiras de irrigação, baldes, galões entre outros métodos.

     

   

    

FONTE: Cidadesnanet