Matéria > Saúde

Ações do Novembro Azul são desenvolvidas na zona urbana de Santana do PI

Dezenas de homens participaram das atividades desenvolvidas na UBS Isaac Borges.
Paula Monise - 29/11/2017
172 Visualizações
2dcdbaac164dafa7e42eb58ce14d.jpg

Na manhã desta quarta-feira (29) a Secretaria de Saúde de Santana do Piauí promoveu ações para o público masculino, alusivas a Campanha “Novembro Azul”, em prevenção ao Câncer de Próstata. As atividades foram realizadas na UBS Isaac Borges, localizada na zona urbana do município e contou com a participação de dezenas de homens.

Como parte da programação de trabalho, os presentes puderam acompanhar uma palestra ministrada pelo médico Antônio Rocha e pela enfermeira Maria Teresa. A temática abordada foi o Câncer de Próstata com orientações acerca dos sintomas, diagnóstico, tratamento e prevenção.

Em seguida, a equipe multiprofissional que atua no Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) também orientou o público quanto à alimentação saudável, prática de exercícios físicos, entre outros assuntos. Além disso, foram prescritos exames médicos.

A assistente social, Thuany Bernardes, explicou que as ações têm sido desenvolvidas em todas as unidades de saúde do município, alertando para a necessidade dos homens também buscarem cuidar da saúde.

"Sob a perspectiva profissional, vejo que aspectos culturais e a falta de informação ainda têm bastante impacto no diagnóstico e controle da doença [ Câncer de Próstata]. Muitas vezes o próprio machismo, problemas de auto estima e o medo de que o diagnóstico influencie na perda da virilidade tem feito com que diversos homens deixem de procurar auxílio profissional. Então a campanha '' novembro azul'' tem como principal  intuito o incentivo e a disseminação de informações pertinentes ao tema para que a população masculina se conscientize que a melhor forma de tratamento ainda é a prevenção, tendo que  superar assim a vergonha em relação ao assunto e cuidar da saúde primariamente", frisou a assistente social.

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Em valores absolutos e considerando ambos os sexos é o quarto tipo mais comum e o segundo mais incidente entre os homens.